Becas de doctorado y postdoctorado del gobierno portugués

http://www.fct.pt/apoios/bolsas/concursos/individuais2015.phtml.pt

Bolsas de Pós-Doutoramento (BPD) – Destinam-se a candidatos doutorados, preferencialmente há menos de seis anos, para realizarem investigação em instituições científicas portuguesas de reconhecida idoneidade. A duração máxima da bolsa é de seis anos, mediante parecer favorável na avaliação intermédia (feita no fim do primeiro triénio).

Bolsas de Doutoramento (BD) – Destinam-se a licenciados ou mestres que pretendam ingressar num ciclo de estudos conducentes à obtenção do grau académico de doutor, desenvolvendo um projeto de investigação. A duração máxima da bolsa é de quatro anos, não podendo ser concedida por períodos inferiores a três meses consecutivos.

Contratos predoctorales FPU

Resolución de 26 de diciembre de 2014, de la Secretaría de Estado de
Educación, Formación Profesional y Universidades, por la que se convocan
ayudas para la formación de profesorado universitario, de los subprogramas
de Formación y de Movilidad incluidos en el Programa Estatal de Promoción
del Talento y su Empleabilidad, en el marco del Plan Estatal de
Investigación Científica y Técnica y de Innovación 2013-2016.
http://www.boe.es/boe/dias/2014/12/27/pdfs/BOE-A-2014-13539.pdf

Convocados contratos predoctorales formación doctores (antiguas FPI)

La convocatoria: https://www.boe.es/diario_boe/txt.php?id=BOE-A-2013-8984

Hay de plazo desde el 26 de agosto al 10 de septiembre (a las 15h!!)

La web del Ministerio, en la que aparece la lista de proyectos a los que se puede asociar el contrato, es esta (sección Tramitación de la ayuda)

 

Becas de posgrado – Obra Social La Caixa

La Obra Social “la Caixa” convoca 145 becas para cursar estudios de postgrado en España, Europa, América del Norte y Asia

Más información: http://obrasocial.lacaixa.es/ambitos/becas/becasdeposgrado_es.html

 

Ayudas pre- y postdoctorales del gobierno portugués

Edital do Concurso para Atribuição de Bolsas Individuais de Doutoramento e Pós-Doutoramento – 2012

Nos termos do Regulamento de Bolsas da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, tendo em conta a aplicação do Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica, aprovado pela Lei nº 40/2004 de 18 de agosto, a Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) abre concurso para financiamento de bolsas individuais dos seguintes tipos:

Bolsas de Pós-Doutoramento (BPD)

Destinam-se a candidatos doutorados, preferencialmente aqueles que tenham obtido o grau há menos de seis anos, para realizarem trabalhos avançados de investigação. A duração da bolsa é, em regra, anual, prorrogável até ao máximo de seis anos, desde que obtenha parecer favorável na avaliação intermédia feita no fim do primeiro triénio.
Bolsas de Doutoramento (BD)

Destinam-se a quem satisfaça as condições previstas no nº 1 do Artigo 30º do Decreto-Lei nº 74/2006, de 24 de março, alterado pelos Decretos-Leis nº 107/2008, de 25 de junho, e 230/2009, de 14 de Setembro, e que pretenda desenvolver trabalhos de investigação conducentes à obtenção do grau académico de doutor. A duração da bolsa
é, em regra, anual, prorrogável até ao máximo de quatro anos, não podendo ser concedida por períodos inferiores a seis meses consecutivos.

As bolsas aprovadas poderão ter inicio em data a definir pelo candidato desde que observados cumulativamente os seguintes requisitos:

As bolsas não poderão ter início antes do dia 1 de janeiro de 2013, nem depois do dia 31 de dezembro de 2013;
As bolsas não poderão ter início antes da receção pela FCT de toda a documentação de suporte á candidatura que deve ocorrer com uma antecedência mínima de 60 dias úteis em relação à data prevista para o início da Bolsa;
As bolsas não poderão ter início antes da devolução, pelo candidato, do contrato de Bolsa devidamente assinado e que deverá ocorrer no prazo máximo de quinze dias úteis após a data do recebimento;
A emissão, pelos serviços da FCT, do respetivo contrato de bolsa fica dependente da verificação da respetiva disponibilidade orçamental.

Destinatários

Podem candidatar-se ao presente concurso:

Cidadãos nacionais, ou cidadãos de outros Estados Membros da União Europeia;
Cidadãos de países terceiros, titulares de autorização de
residência permanente ou beneficiários do estatuto de residente de
longa duração, atestada pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, nos
termos, respetivamente, do artigo 80º e do artigo 125º da Lei nº
23/2007, de 4 de julho.

Às bolsas cujo programa de trabalhos seja desenvolvido total ou
parcialmente em instituições estrangeiras só podem candidatar-se os
cidadãos nacionais ou estrangeiros, que tenham residência permanente
em Portugal.

Às bolsas de pós-doutoramento podem também candidatar-se cidadãos
estrangeiros não residentes em Portugal, desde que a candidatura seja
apoiada por uma instituição de acolhimento nacional.
Financiamento

As bolsas atribuídas no âmbito do presente concurso serão financiadas
por verbas do Orçamento de Estado do Ministério da Educação e Ciência
e quando elegíveis, por verbas do Fundo Social Europeu através do
Programa Operacional Potencial Humano do QREN Portugal 2007-2013 de
acordo com as disposições do Regulamento Específico da Tipologia de
Intervenção 4.1.
Período de apresentação de candidaturas

O concurso está aberto entre 6 de junho e as 17.00h, hora de Lisboa,
de 3 de julho de 2012.
Candidaturas

As candidaturas individuais devem ser submetidas electronicamente,
utilizando o formulário disponível em:

https://concursos.fct.mctes.pt/bolsas/

Não serão aceites candidaturas submetidas por outros meios. Todos os
documentos de suporte de candidatura devem ser digitalizados e
submetidos através do formulário, de acordo com o Artigo 16º do
Regulamento. Deve ainda ser incluído, sempre que possível, a média e o
respectivo percentil dos graus académicos já concluídos bem como o
Suplemento ao Diploma, relativo a cada um dos programas de estudos que
seja declarado como concluído (ver Portaria nº 30 de 2008 de 10 de
janeiro).

Os candidatos a Bolsas de Doutoramento ou Pós-Doutoramento, que não
tenham o grau académico exigido para o tipo de bolsa em causa, poderão
candidatar-se se declararem no formulário que o obterão até 31 de
dezembro de 2012. No caso de estas previsões não se cumprirem as
bolsas não serão concedidas.

Estas candidaturas serão apreciadas pelo painel de avaliação, mas a
atribuição da bolsa, no caso de aprovação, ficará condicionada à
apresentação do certificado de obtenção do grau exigido.

A este concurso só poderá ser apresentada uma única candidatura, que
será avaliada pelo painel da área científica indicada pelo candidato
(cada candidato pode apenas candidatar-se a uma única área
científica). A submissão de duas candidaturas implica o cancelamento
de ambas.
Avaliação

Só as candidaturas que forem lacradas pelos candidatos serão avaliadas.

O painel de avaliação de cada domínio científico, ao qual será
distribuído um guião de avaliação, apreciará as candidaturas
correspondentes, ponderando os elementos de apreciação e produzirá
lista(s) ordenada(s) de candidatos.

Procedimento Específico para Bolsas de Pós-Doutoramento (BPD):

Todas as candidaturas devem ser pontuadas de 1 (mínimo) a 5
(máximo) nos três critérios de avaliação considerados: mérito do
candidato, mérito do programa de trabalhos, mérito das condições de
acolhimento. Para efeitos de decisão ulterior sobre a concessão de
bolsas, os candidatos serão ordenados de acordo com a média ponderada
de classificação nos três critérios. Os fatores de ponderação são,
respetivamente, 4, 4 e 2.

Os planos de trabalhos que objetivamente se enquadrem no âmbito de
projetos de investigação aprovados para financiamento em concursos
competitivos devem ser valorizados.
Procedimento Específico para Bolsas de Doutoramento (BD):

Todas as candidaturas devem ser pontuadas de 1 (mínimo) a 5
(máximo) nos três critérios de avaliação considerados: mérito do
candidato, mérito do programa de trabalhos, mérito das condições de
acolhimento. Para efeitos de decisão ulterior sobre a concessão de
bolsas, os candidatos serão ordenados de acordo com a média ponderada
de classificação nos três critérios. Os fatores de ponderação são,
respetivamente, 4, 4 e 2.

Os planos de trabalhos que objetivamente se enquadrem no âmbito de
projetos aprovados para financiamento em concursos competitivos devem
ser valorizados.

Regulamento

O regulamento estará disponível na Internet em:

http://www.fct.pt/apoios/bolsas/regulamento2012

Ayudas FPI para la realización del doctorado

BOE de 3 de febrero:
Resolución de 30 de diciembre de 2011, de la Secretaría de Estado de
Investigación, Desarrollo e Innovación, por la que se convocan ayudas del
Subprograma de Formación de Personal Investigador, en el marco del Plan
Nacional de Investigación Científica, Desarrollo e Innovación Tecnológica
2008-2011.
http://www.boe.es/boe/dias/2012/02/03/pdfs/BOE-A-2012-1665.pdf

Becas de máster y doctorado en Oxford

The Faculty of Linguistics, Philology and Phonetics at the University of Oxford will
offer the Basant Kumar and Sarala Birla Graduate Studentship for DPhil study
beginning in 2011.  The Birla Studentship provides the full tuition and college fee, and
a maintenance grant commensurate to the national minimum doctoral stipend of the
UK Research Councils, for three years. All applicants are eligible.

We will also offer two AHRC Doctoral Studentships (funding for three years) and two
AHRC Master’s Studentships (funding for two years) for study beginning in 2011.
AHRC Studentships are held by students from the UK and EU: the studentship
covers full-time fees and maintenance for UK students, and fees only for EU
students outside the UK.

Clarendon Scholarships provide funding for study at Oxford by students from
countries outside the EU, and cover full-time fees and maintenance.  We anticipate
that we will be able to offer one or two Clarendon Scholarships for Master’s or DPhil
study in linguistics.

Students interested in being considered for these studentships must submit their
applications by 21 January 2011.  All applicants will be considered for the Birla
Studentship.  For the AHRC Studentships and Clarendon Scholarships, applicants
must indicate their interest on the application form.  For more information on graduate
funding for the study of linguistics at Oxford, please consult:

http://www.ling-phil.ox.ac.uk/funding

Information for prospective graduate students is available here:

http://www.ling-phil.ox.ac.uk/pros_graduates

Application Deadline: 21-Jan-2011

Web Address for Applications: https://apply.embark.com/grad/Oxford/

Contact Information:
Mrs Kate Dobson
kate.dobson@ling-phil.ox.ac.uk

Fuente: The Linguist List

Beca de doctorado en lingüística española (Variación en español: entre gramática y sociedad)

Universidad de Tromsø. Facultad de Humanidades, Departamento de lenguas y lingüística (Institutt for språkvitskap)

Destinado a : Solicitantes que desean obtener el grado de Ph.D / Doctor. El candidato deberá documentar su competencia en el área de lengua y lingüística hispánica en el grado de maestría o equivalente, así como dominio de la lengua española suficiente para producir una tesis en cuatro años. Duración de la beca: 4 años. Fecha límite: 18 de mayo de 2009.

Para más información contactar al profesor Antonio Fábregas, Telf. +47 776 44581, e-mail: antonio.fabregas@uit.no Para más información acerca de las condiciones de la beca, contactar al director del Institutt for språkvitskap, profesor Endre Mørck, Telf. +47 776 44238, e-mail: endre.morck@uit.no

The candidate will study a case of variation of her/his choice in the field of Spanish grammar or lexicon. The case of variation proposed by the candidate may involve a) language contact situations, b) comparative study of two or more Spanish dialects, or c) variation internal to a single speech community. Appropriate possible topics would include: for a) the structure of the tense system of Paraguayan Spanish in bilingual speakers, word formation in Mexican Spanish in contact with Nahuatl; for b) the pronominal system in Northern Spain Spanish and in Andalusian Spanish, the distribution of past tenses in the grammatical system, the productivity of agentive suffixes in American and European Spanish; for c) the distribution of infinitives and gerunds in different types of texts, the formation of feminine animate nouns, any problem of normative grammar. The choice of the particular phenomenon under study will be left to the candidate, but the proposal must fit into one of the three areas of variation mentioned.
This project shares the motives and goals of I dialetti italiani e romanzi (Manzini & Savoia 2005) and of projects under development at the Nueva Gramática de la Lengua Española project in the Real Academia Española, and several other dialectological projects in the Spanish Centro Superior de Investigaciones Científicas and other academic institutions. […]